domingo, 28 de junho de 2015

Soap Cap, Shampoozada (ou xampuzada) - Parte 2 - Matização

Oi de novo!
Vamos então para a parte 2 da minha saga cabelística.
No post anterior eu mostrei os meus fios chumbados após sair do salão e a minha decisão em cuidar dos fios sozinha. Fiz a xampuzada, limpei os fios e hoje fiquei de matizá-los para seguir com a nova cor.
Acontece que eu achei que conseguiria clarear um pouco mais os fios para conseguir uma cor final mais "pura" e bonita.
Sendo assim, arrisquei a repetir o soap cap mesmo ciente de todos os riscos.
Usei alguns produtos diferentes no processo de hoje então seguem as fotos:

Antes, com o tom que alcancei ontem:


Hoje eu usei a ox da Yamá, que é estabilizada e contém agentes calmantes do couro cabeludo.


 Usei também a nova versão do pó Ametista. Ontem eu usei a versão antiga. 


usei o mesmo xampu

 Achei essa nova versão do pó bem mais clara do que a antiga.
 Após misturado fica um azul mais pálido.

Passei como ontem. Na metade de baixo, depois na metade de cima. Consegui clarear um pouco mais:
Molhado

Seco

Em seguida parti para a matização. Eu queria um loiro bege/champagne. Meu tom de pele não combina com o loiro cinza.
Fui pesquisar sobre como chegar nesse tom e encontrei o vídeo de uma colorista ensinando a conseguir essa cor misturando as colorações 9.1 com 9.3, na mesma proporção.
Como a minha cidade é uma maravilha (SQN), eu não encontrei essas cores na mesma marca.
Se eu estivesse de férias da faculdade e não trabalhasse fora, eu procuraria com calma porque é melhor, mas devido a urgência porque amanhã recomeça a vida, eu comprei de marcas diferentes mesmo.


Comprei duas Beauty Color por puro preconceito. Achei que a tintura poderia ser fraca e que o dourado da Koleston prevaleceria. Quebrei a cara. A Beauty Color é uma tinta maravilhosa e o cinza dela é super forte. Por muito pouco não saio com os fios chumbados mesmo com o dourado misturado.
A receita deu super certo! Fiquei feliz com o resultado da cor final. Como meus cabelos já estavam muito claros e com as cutículas abertas por conta do soap cap que fiz antes, não deixei a tinta agir no tempo normal. Apliquei enluvando bem, fui observando e após 5 minutos enxáguei.


Taí o meu loiro bege! 





 Considerações finais:

Vale a pena?
Sim, vale. Se você pesquisar bem e estiver segura do que vai fazer é certo que terá bons resultados. No youtube tem muitos vídeos, muitos profissionais tem blogs onde eles passam dicas, então não se precipite. Pesquise, tire todas as dúvidas, junte o máximo de informações e só depois faça.
É arriscado?
Muito. Eu podia ter sofrido um corte químico. Só fui em frente porque tinha certeza de que meus fios aguentariam. Conheço meu cabelo e seus limites. Além do mais, eu quase não o desgasto com químicas e sempre cuido usando produtos de qualidade no dia-dia e fazendo hidratações semanais. Ele estava forte.
Danificou os fios? 
Quase nada. Como tenho luzes, essas mechas ressecaram um pouco porque já eram descoloridas, então ficaram totalmente brancas e logicamente, mais frágeis. Mas o cabelo "base", onde havia só tinta, está como estava antes.
Qual é o pulo do gato para um bom resultado?
O óleo de coco com certeza foi o que protegeu os meus fios. Ele é totalmente absorvido e nutre a parte do córtex, por isso não prejudica o processo e ainda cuida do fio.
Outro produto fundamental foi a cauterização a frio da Pantene.
Se é seguro, então qualquer pessoa pode fazer?
Cada caso é um caso. O profissional nunca é substituível, mas se é uma emergência, acredito que qualquer pessoa pode fazer sim.
Corrigir loiros acredito que seja mais fácil do que outras cores. Em cabelos com pigmentos vermelhos, escuros ou coloridos como rosa e azul deve ser um pouco mais complicado porque esse processo não vai descolorir os fios totalmente. Ele deve só desbotar a cor. Daí, a cor que for colocada por cima irá reagir com a cor que estiver nos fios. Se vc estava com os fios azuis, enjoou e quer ser loira, vai acabar com os fios verdes. Azul + amarelo = verde. Sacou? Por isso tem que pesquisar muito antes para saber como anular essas reações.
O que pode ajudar a minimizar os riscos?
Produtos de qualidade. Não estou dizendo que a Yamá é ruim, tanto é boa que meus fios estão aqui inteiros, mas se eu tivesse encontrado produtos de uso profissional como Acquaflora, Blond Me, Platinum, Platine Precision e etc, eu não teria precisado repetir o processo, porque eles alcançam níveis de clareamento maiores. Use um bom pó descolorante, uma boa ox e de preferência da mesma marca do pó, um bom xampu, uma boa tintura para matizar e principalmente, bons produtos de tratamento depois.

Bom, acho que é isso. Se alguém tiver mais alguma dúvida pode me escrever.
Beijão!





4 comentários:

  1. Oi, Linda!!! Foi uma tremenda coincidência ver seu comentário!! Não tenho entrado no blog, nem no face quase... O mestrado anda arrancando meu couro. Adorei seu resultado, me deu até vontade de faer uma firulice capilar... kkkkkkk Mas a verdade, é que ando mantendo meu cabelo no zero a zero com o cabeleireiro. Nem minhas luzes tenho feito!! Meu cabelo está escuro, a cor original, praticamente, com umas mechas louras, remanescente das luzes. Sem duvida que amo cabelos louros, mas ando sem tempo e sem dinheiro para manter... Meu cabelo se arrasa com a química! Sabe que estou achando a raiz dele até mais lisa, sem a tinta? Em breve vou voltar a descolorir os fios, mas estou esperando os fios brancos gritarem... Enquanto eles não vêm com vontade, vou tapeando, afinal, terei o resto da vida para ser loura... kkkkkkkkkk #hajatinta #hajacabelobranco Adorei ver seu post, vc é danada, descobre tudo, heim?! Muitos beijos, amada!

    ResponderExcluir
  2. por que só eu não tenho paciencia pra fazer essas sagas cabelisticas? kkkkk
    malemá passo condicionador..rs.. tintura então? só premeto..rs.. (e mesmo assim porque já se faz muito muito necessário a cada tres meses mais ou menos..rs) bjokas lindeza e sucesso sempre

    ResponderExcluir
  3. Gostei muito! E quando for fazer a raíz, como vc vai fazer pra retocar?

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Oi Lu!
      O retoque eu fazia com a 9.1. É o louro super claro acinzentado. na minha raiz escura, ele abre um tom marrom, no comprimento loiro, ele apenas matiza eliminando a oxidação que amarela o loiro. Quando a raiz marrom chagava num comprimento de uns 4 dedos, eu fazia luzes.
      Mas no momento eu cortei o cabelo e escureci. Passei 5 anos loira e acabei enjoando. Futuramente pretendo fazer um ombré hair.
      Beijão!

      Excluir